janeiro 10, 2009

frio, lá fora

brunilde:Humana, com este frio, é melhor ficarmos em casa, não é?
Humana: claro, brunildinha. mas apetece-te ir até ao jardim?
brunilde: não, não. gosto mesmo de estar aqui contigo: as duas, tranquilamente, a conversar ou a ver filmes, enquanto os outros bichos dormitam. esta mantinha laranja que acabaste de pôr em cima do sofá, parece quentinha e confortável.
humana: é, pois... tal como as vossas almofadas.
brunilde: olha, enquanto conversamos podias fazer-me uns mimos. que dizes a umas festas nas orelhas, por exemplo?


brunilde: ronron ron
Humana: vou preparar um chá para mim e já volto.
brunilde: já agora, podias trazer-me um pires de leite quente? enquanto tratas disso, vou deitar-me um bocadinho, abraçada ao jasmim, e aproveito para estrear a mantinha. não te preocupes, nós deixamos espaço para ti, no sofá.

16 comentários:

Luzinha disse...

coisas mais lindas quentinhos e aconchegados!

a Brunilde tem muita razão. quando está frio, melhor ficar embaixo das cobertas, bem no quentinho gostoso!

bjus prá ti e pros Miaus todos!

moriana disse...

Eu não gosto lá muito de mantas, mas passo o tempo junto ao aquecedor, no sofá. Agora a Flor anda atrás de toda a gente à espera que alguém se deite e...zás! escorrega logo para debaixo das mantas. É mais friorenta que eu.
Vocês agasalhem-se bem,podem constipar-se!

ronrons e marradinhas para todos.
Lua

milene widholzer disse...

Olá Idun!

Acesse esse post aqui:

http://casinhaparagatos.blogspot.com/2009/01/selo-blog-dorado.html

Você ganhou um Selinho!

Beijos

goiaba disse...

Gostei de vos ver. Eu também gosto de mantinhas quentes mas não dispenso os meus passeios com a minha dona pela trela - mesmo com muito frio. Festinhas AMON

milene widholzer disse...

Que delícia deitar numa mantinha quentinha, não é? Vi hoje no telejornal que está fazendo muuuito frio por aí. Brrrr!!
Bjinhos

lili-gata disse...

que lindo! A mamãe comprou aquela almofada numa feira de artesanato. Diz que veio da Índia!

Crazy Mary disse...

Que delícia dormir juntinhos nas cobertas nesse frio!!
Também demos um selinho pra você! Acesse aqui: http://bigodeseronrons.blogspot.com/2009/01/selo-bigodes-dorados.html

Justine disse...

A tranquilidade de uma tarde em "família"...:))

caniche vagabundo disse...

Que fotografias tão reconfortantes... que diálogo tão sereno e quentinho... hmmmm... tão bom!

Rosa dos Ventos disse...

As minhas felinas desde que mudaram para uma casa bem maior, estranhamente, não me querem perder de vista.
Estão uns autênticos adesivos, mas quentinhos!
Será do frio, como diz a Brunilde?

Abraço e ronrons

Van Dog disse...

:)

legivel disse...

... infelizmente não consigo visionar as imagens, quem sabe por o frio ser tão intenso, tão intenso, que o meu monitor tem uma camada de gelo no ecran que mal distingo o que neste momento estou a escrever



sentado num banco do jardim da estrela. ao pé de mim está um cão-homeless cujo rabo me parece já congelado pois não abana apesar do vento cortante que agora se faz sentir

vou ali fazer uma fogueira e já venho.

festas e sorrisos.

Catish disse...

Está mesmo muito frio, tanto que pela primeira vez um gato meu ficou constipado, o meu rafael com a garganta inflamada, nem conseguia miar. Mas já está melhor.
beijocas

Arabica disse...

Idun,

quando vejo as vossas fotos e leio as serenas tardes que partilhas com os manos e a com a Humana, vem assim uma vontade estranha, de também ter um gato real, afagável no pelo, fixável nos olhos...

Não o tenho, duvido que o venha a ter. Tenho contudo, um imagináio, resistente ao tempo e às mudanças de espaço. Sobre ele já escrevi um dia, ainda o Verão nos iluminava as noites até tarde, nos aquecia, sem a ajuda preciosa dessas mantas que hoje nos mostras (fofas, quentes, apeteciveis, um convite ao bem estar). Já escrevi tanto sobre esse gato, que até, por vos ler, me dá vontade, de vos mostrar a minha história do gato sem botas. :) Quem sabe, amanhã ou depois?

Mas hoje venho cá na missão de abraçar a Humana em prmeiro lugar.
Abraça-la porque me apetece. Abraça-la porque parece que os fios invisiveis, começam a ficar visiveis :) porque acredito na fé, (julgo que não basta tê-la) porque acredito que a fé no ser humano (inteiro) em tempos conturbados como os nossos é urgente e essencial.

Abraça-la e acreditar que ela vai perceber toda a alegria, que me deu a sua visita primeira.

Um dia, uma amiga comum, disse que a minha escrita era muito contida.

E é. Na maior parte das vezes, além de contida, metaforica.

Nem sempre quero escrever cruamente sobre o que sinto e penso. Tenho a mania dos cozinhados. Cozinho as palavras em lume brando. Gosto assim, acho graça.

Mas congratulo-me por ter sido lida vertical e cruamente naquele dia. Mereci um abraço humano e isso nos tempos que correm :) é um luxo :)

Festas para vocês, leitinhos quentes e muitas mantinhas :)

OIN disse...

Eu cá defendo-me do frio colocando o focinho entre duas colunas daqueles aquecedores a óleo. Dá um resultadão. Fico com a cabeça quentinha, a ferver. A humana começa aos gritos: és maluca, sai daí, estás aqui estás a deitar fumo. Eu não ligo. Era o que faltava. Lá porque tenho os bigodes do lado esquerdo mais curtos e encaracolados, é razão para tamanha berraria? Achas, Idun?
Há muito boa gente, humanas incluídas, com cabelinhos aos caracóis. E algumas até pagam para ficarem assim. Eu que oiço as conversas delas...

Bom, vou-me aquecer que fiquei com a pata gelada deste maldito roedor.

Festinha, festinhas.

Luzinha disse...

lindos esses Mimis, meu Deus!

deixei uma brincadeirinha prá ti lá no Black. assim que puderes, passa lá para ver!

bjus prá ti, prá Humana e prá todos esses gatos tão fofos!

Arquivo de jardinagem