outubro 11, 2015

Pepa e Gorax

o tempo voa. já passaram seis meses desde que aqui postei uma foto que a Humana me tirou e na qual era bem evidente a minha beleza.
no jardim, a vida segue sem grandes sobressaltos para a gataria. devo mencionar, apenas, o susto que o vizinho King - um cão muito amistoso, arraçado de labrador e que pesa cerca de 40kg - pregou ao meu filho artur, quando começou a correr em direcção a ele, para brincar. não sabendo as intenções do King, o artur desatou a fugir, correndo como uma flecha, e saltou para o ramo de uma árvore, de onde teve de ser resgatado pela Humana.
por falar em cães: o rafeiro Lost acabou de receber uma carta do primo Gorax que vive no verde minho.

"caro Lost,
espero que a tua idade já um pouco avançada não tenha começado, ainda, a molestar-te com os achaques próprios de um cão sénior.
por cá, a vida tem corrido bem para toda a família e os dias têm estado longe de ser monótonos. visitas que vêm de longe e me retribuem mimos e carinho, levam-me no coração e prometem voltar para me ver.
quero falar-te de uma amiga muito especial. chama-se Pepa e é uma porquinha vietnamita. pertence aos nossos vizinhos mas gosta de passar o dia comigo, no meu quintal. apanhamos sol, passeamos, fazemos companhia um ao outro enquanto os nossos humanos andam ocupados com as suas tarefas.
junto umas fotos para tu apreciares e despeço-me, esperando notícias tuas.
Gorax"





"caro Gorax,
folgo em saber que estás de boa saúde. eu cá vou andando, a aturar a gataria e a tomar conta de casa e da minha Humana. finda a maldita época balnear, regressam os passeios na praia, pela manhã, seguidos de um café no bar do costume, onde ganho, sempre, algum petisco.
mostrei à canzoada as fotos que enviaste. é unânime a opinião sobre a tua amiga: a Pepiña é uma simpatia! houve logo os que ficaram curiosos acerca de certos pormenores anatómicos e até falaram em convidá-la para umas férias. disse-lhes que era muito improvável que os donos a deixassem fazer a viagem sozinha, mas talvez houvesse uma hipótese de ela vir, se tu lhe fizesses companhia. aproveita, vem até cá que eu estou sempre pronto para umas boas passeatas. 
Lost"


Arquivo de jardinagem