maio 26, 2008

boris, o gato do nariz cor de rosa


olá, eu sou o samuel . Tenho 11 anos de idade.
hoje vou contar-vos a história do meu gato.
desde o dia em que ele nasceu, 8 de junho do ano passado, que eu o conheço.
ainda me lembro dele, quando era pequeno, do tamanho de um rato. era manchado de preto e branco, de olhos azuis claros, ainda sem dentes e o nariz era cor de rosa clarinho. a mãe dele era arisca mas com um coração puro. chamava-se micas e era vadia.
certo dia de verão, o meu irmão, os meus pais e eu fomos buscá-lo a casa da minha avó. nessa altura já era grande, já tinha uns 20 cm de comprimento, apesar de ainda não ter atingido os dois meses.
levámo-lo ao veterinário para ele lhe dar duas injecções para o protegermos de algumas doenças mortais.
quando chegou à nossa casa, ficou espantado. a primeira coisa que fez foi correr até à sala e esconder-de debaixo do armário.
aos seis meses foi castrado mas não parece estar diferente do que era.
sempre o deixamos dar as suas voltinhas matinais e nocturnas.
até agora, eu e o boris damo-nos muito bem um com o outro.

texto e desenho da autoria do samuel

9 comentários:

Chat Gris disse...

à semelhança do Caniche, também queremos ajudar... Podemos postar a fotografia dele?

Anónimo disse...

Como gostava de ser o gato Boris e despertar tão lindos sentimentos magnificamente eternizados em palavras e traços pelas mãos de um artista.Miau, miau, que bela amizade.

Rosa dos Ventos disse...

Claro que têm de se dar bem!
Um e outro têm muita sorte!

Abraço para o Samuel e festinhas para o Boris

amante das marés disse...

Como eu gostava deter um amigo que falasse assim de mim e me soubesse retratar de uma forma tão expressiva!
Excelente traço, o do Samuel!
beijinhos para os dois e também para os habitantes do teu pequeno jardim, Idun.

Justine disse...

O Samuel desenha na perfeição. Claro que o amor pelo Boris ajuda sempre, mas ele é um artista! Merece um gato de naris cor-de-rosa :))

caniche vagabundo disse...

Que bem que escreve e desenha o Samuel!

musalia disse...

hoje a minha dona disse-me que a familia esteve mesmo, mesmo a amentar. Na quinta -feira, encontrou dois gatinhos de 1 mês na estrada. Que crueldade! Uma rapariga parou o carro e apanhou o primeiro e a minha dona apanhou o outro que estava juntinho à roda do carro. Levou-o de imediato ao veterinário e, como estava muito debilitado ficou internado. Na sexta quando telefonou a saber como estava disseram-lhe que não tinham conseguido salvá-lo. A minha dona ficou muito triste, era uma menina e até já lhe tinha dado um nome e comprado uma caminha.
Como foi possível abandonar gatinhos numa estrada onde passam tantos carros! A crueldade não tem limites e a minha dona está muito pensativa desde então. Acha que falhou a missão que o destinho lhe colocou nas mãos.

festinhas a todos.
Flor.

legivel disse...

... um gato castrado e com o nariz cor-de-rosa?! uhm... adiante. O Samuel com onze anos já revela grande aptidão para desenhar gatos. É assim mesmo! começa-se por um animal de pequeno porte e aos vinte já se pode desenhar um elefante.
Eu comecei mais cedo -aos três anos, e por isso o meu primeiro desenho foi uma formiga que fui mostrar ao meu tio Alfredo que era assim a modos que a atirar para o pitosga que me perguntou "o que é que me queres dizer ao passar-me para mão uma folha de papel em branco?". Por acaso como eu tinha grande força de vontade não desatinei e um ano depois desenhei uma barata que fui mostrar ao meu tio Alfredo que desta vez não pôs nenhuma questão transcendente afirmando mesmo que "vais ser um grande artista que esta formiga está muito bem desenhada!"

Por hoje não conto mais nada Idun. Mas informo-te que te citei no penúltimo post da Guionista Justine onde eu tinha um projecto para um filme com o Cão Mounty... que não passou disso mesmo: um projecto, pois os financiamentos para as coisas da cultura neste país são o que se sabe...

Festas amistosas.

Idun disse...

amigo legível, já deixei as minhas sugestões no blog da guionista justine.
talvez se consiga alguma coisa, quem sabe?

Arquivo de jardinagem