maio 23, 2008

grande reboliço aqui no jardim

amigos, neste jardim houve grande reboliço, nos últimos dias.
começo por contar que, há cerca de uma semana, um cachorrinho foi lançado de um carro em andamento, numa estrada que passa aqui perto. a Humana, bem como outras pessoas aqui da rua, tinham imensa pena do bichinho, que andava por aqui a vaguear, aterrorizado, sem permitir que ninguém se chegasse perto dele. a Humana foi-lhe deixando comida e, ontem, ele entrou, não só no jardim, como em casa. saltou para o colo da Humana e pediu-lhe milhões de festinhas.

como ela tem muitas outras coisas para fazer, resolveu pôr o cachorrinho no quintal. o problema foi quando deparámos com ele, a ladrar, a ladrar, com aquela voz muito fininha... eu apanhei um susto de morte e fugi logo para casa. o jasmim, o gatinho cego escondeu-se dentro de um gavetão e só de lá saiu no fim do dia. a brunilde tentou atacar o cachorro, assim como o meu filhote artur, que teve de levar uma palmada para não se atirar a ele. o cão lost, que é aquele paz d' alma que se sabe, aceitou-o de bom grado.
cá está uma fotografia do cãozito:




agora, a Humana vai tentar arranjar um novo dono para ele pois, como devem calcular, é complicado deixá-lo ficar connosco.

ontem, o arturzinho ficou tão sentido, quer pela palmada que levou, quer por ver o cãozito no espaço de que ele tanto gosta - o quintal - que só apareceu hoje de madrugada. e nem sequer queria comer, ele que é o mais comilão de todos nós!
a Humana encheu-o de mimos e, depois, dormiu uma pequena sesta com ele, no sofá. quando ela se levantou, o meu outro filhote juntou-se a ele e lá passaram uma excelente tarde, novamente calmos, tranquilos, quentinhos e felizes.


8 comentários:

Justine disse...

Idun, como eu percebo esse drama: por um lado a doçura e as carências do cãozito abandonado, por outro o vosso território ameaçado!
Mas, como em todas as histórias de fadas, acabou tudo bem, e vocês continuam felizes.
Ronrons para toda a família, humana incluída:))

Anónimo disse...

mas que invejinha..tão quentinhos e fofinhos,nada melhor que o aconchego do "lar doce lar".

Justine disse...

Idun, gata bonita, não te sabia poetisa!! Mas sais-te muito bem, cheia de ritmo e graça, ou não fosses tu uma felina :))
O MOunty manda ronrons de agradecimento...

caniche vagabundo disse...

Oh... o canito é tão engraçado!!! Tem ar de bom rapaz!
Queres ajuda para procurar um dono?
(posso falar dele aos meus amigos...)

caniche vagabundo disse...

Idun, a fotografia que tens aqui já é muito bonita, posso usar esta?

dona tela disse...

Ai se a minha varanda não fosse tão acanhadinha eu que bem ficava contigo, cãozinho lindo. Tenho mesmo pena!

LisbonGirl disse...

Que cãozinho tão lindo!!!!!!!!!Pequenino e tão doce!Ai,ai!:((
Oh gatinhos lindões, não tenham ciuminhos, coitadinho...Vá, lá!...solidariedade felina que eu sei que é muita!...

amante das marés disse...

Amiga Idun, deêm uma oportunidade ao cachorrinho. Não âcham que ele já foi suficientemente maltratado?
Boa sorte para o cãozinho.
Vou enviar link para este post aos meus conhecidos. Quem sabe, alguém possa ficar com ele?

Arquivo de jardinagem