setembro 11, 2014

belas passeatas

a princípio, o Lost não ligava nenhuma ao cãozito Putchi. até que este, velhote sabidão, lhe ladrou:
ó chefe, vê lá se não andas tão depressa. com as minhas patas curtas, nem a correr te consigo acompanhar...
o nosso rafeiro quase rebentou de orgulho.  habituado a obedecer aos nossos caprichos e às ordens da Humana, viu-se, de repente, promovido a líder!
está bem, felpudo, podes seguir-me. e escusas de estar sempre a  ver se a Humana vem atrás de nós. a partir de agora, eu responsabilizo-me por ti.
espera aí, ó pata-curta! tenho de farejar estas ervas e fazer uns reconhecimentos.

a dona do Putchi regressou a casa, no início da passada semana. o Lost já sugeriu à Humana convidarem-no, de vez em quando, para um passeio ou uma ida ao café.
não é que eu tenha saudades dele, Humana. só quero que continue a saber quem é que manda, para o caso de termos de tomar conta dele, outra vez.

3 comentários:

Graça Sampaio disse...

Um certo alívio para o Lost... E da próxima vez logo se verá!!

Beijinhos e rauf-raufs

Justine disse...

Território é sagrado, verdade, Lost? E o poder não se discute...
mas não precisas de estar inseguro, o perna-curta não te faz sombra:-)))))))

Milene disse...

E não é que o perninha curta ganhou a simpatia do "durão" Lost?!? Kkkk, que encanto de turma! Beijinhos

Arquivo de jardinagem