janeiro 03, 2010

feliz ano novo


acabam, hoje, as férias da Humana. de vez em quando, a chuva cai, lá fora, com um som forte, mas não acorda o artur, a brunilde, a mimosa ou o lancelote, que dormem um sono profundo, no conforto dos seus cestos forrados com mantas de lã. só o pequeno llugh brinca, sob o alpendre, perseguindo uma bola, um pedaço de papelão, ou talvez uma fugidia gota de chuva, em aventuras que apenas ele sabe.
na casa, o cheiro de maçãs assadas mistura-se com o da tarte de cogumelos, ainda no forno. a temperatura é agradável, a Humana canta baixinho, enquanto prepara o almoço, bebe um pouco de vinho tinto, põe a mesa, sob o olhar carinhoso do lost, o nosso adorável cão rafeiro.
durante estes últimos dias, houve alturas em que a casa se encheu de risos e afecto, canções, música, belas histórias lidas em voz alta. momentos mágicos, abraços, reencontros, lágrimas de pura alegria a aquecerem os olhos, os corações em festa.
queremos que, no decorrer do ano que começa, a alegria more, também, em cada um de vós, queridos leitores. e que, em caso de adversidade, não se apague a chama da esperança, a capacidade de estrebuchar, a firmeza no propósito de ultrapassar os obstáculos, aliada à práctica de construção de um quotidiano melhor e à de semear, discretamente, onde quer que o vosso olhar atento encontre terreno propício, os possíveis gestos de solidariedade.

imagem: mais uma das maravilhosas obras de su blackwell

4 comentários:

Hamanndah disse...

Engraçado, Humana, as minhas férias também acabam hoje, mas aqui está o maior calor, como é chato voltar a trabalhar com este sol todo

Feliz Ano Novo
Um abraço
Hamanndah

Justine disse...

Idun, já estás restabelecida???
Concordo com os teus votos para o novo ano, esperando que eles se concretizem todinhos:))
Festinhas para todos, beijo à humana!

Rosa dos Ventos disse...

Obrigada por tão belo texto recheado de bons conselhos!
Já estás completamente restabelecida?

Abraço à Humana ronrons para ti e Companhia, mesmo para o Lost...

Arabica disse...

Estrebuchar é o que os humanos -alguns humanos- mais têm feito, gatinha.

Que não nos faltem forças! :)

E alegrias e mimos.

RonRons, festinhas largas no pelo e um abraço à Humana.

Arquivo de jardinagem