outubro 05, 2009

lugh


é um dos filhotes da dominó, a gata que abandonaram no jardim e que acabou por ser recolhida e ter os seus bebés cá em casa. digam lá se o gatarrucho, quase a completar cinco meses de idade, não está cheio de estilo!
o malandrinho, quando se apercebeu de que a Humana andava a tentar arranjar donos para ele e para os irmãos, fez de tudo para conseguir ficar connosco. começou por se tornar amigo inseparável do gato artur que se encarregou de o instruir sobre as artimanhas que ele devia usar, para a Humana não ser capaz de dá-lo. todas as manhãs, esperava-a à porta do quarto e pedia-lhe mimos. não se esquecia, nunca - seguindo os conselhos do artur -de fazer uns leves protestos quando ela lhe pegava ao colo (mas estendia, ao mesmo tempo, o pescoço para trás e oferecia a barriguinha, à espera de festas).
depois, para se tornar imprescindível, prontificou-se a ajudar a Humana: é perito em bater textos no teclado do computador (acho que foi um curso intensivo, que ele fez por correspondência) e, quando ela está sentada à mesa, cá fora, a trabalhar,
está sempre pronto para organizar papéis, arrumar tampas de esferográfica e outros objectos ...

não perdendo a oportunidade, é claro, de brincar, de vez em quando, com a cauda de algum amigo felino que esteja ali por perto.

lancelote - lugh! não queres ir dormitar ao sol, para o jardim do vizinho ruca?
lugh - ora, ora, bichano preguiçoso! tu não sabes que nem só de descanso vive o Gato?

9 comentários:

Gata Lili disse...

lindão ele! cheio de charme!

Idun, pena que você não conseguiu visualizar o slide. eu vou ver o que foi que ocorreu. E o CPF só tem no Brasil... Muito obrigatinha pelo carinho!

Justine disse...

Tão lindinho e que ar mais atrevido! Será um grande companheiro para as vossas brincadeiras:))
Idun, transmite por favor à Humana o meu muito obrigada pelas suas palavras...

O Profeta disse...

O amor procura o aconchego
Duas almas suspiram em entrega total
Explode a paixão, enlouquece o querer
O amar às vezes é pecado mortal...

...Às vezes uma intensa alucinação
Em que viajas pelo meu eu
Às vezes o mundo fica em espera
Da união do mar com o céu


Doce beijo

Rosa dos Ventos disse...

Não perdem nenhuma oportunidade para nos darem "uma mãozinha", quer dizer uma patinha!
Como é que viveríamos sem eles?!:-)

Abraço

legivel disse...

Idun,

Tenta convencer a Humana que não arranje dono para o Lugh. Que deixe correr o marfim, pois o gatarrucho não é apenas estilo: tem pinta e, tem a seu favor, parecenças enormes como o Hugh Grant, aquele dos "quatro regimentos e um general"*. Olha que a Meca do cinema, anda tão necessitada de galões** para a boca como de torradas para o chá.

* Penso que é este o título; pelo menos era um filme de "guerra dos sexos".
** Desculpa. Queria escrever galãs.

Festinhas, sorrisos e cumprimentos à Humana.

moriana disse...

tão lindo o Lugh!
estou triste, muito triste, Idun. Perdi um amiguinho do telhado, vi-o crescer, dei-lhe comida e vi-o morrer sem conseguir ajudá-lo...

festinhas para todos.
moriana

Van Dog disse...

:D

Vocês sabem muito mesmo...

Silvia disse...

ele é encantador!!!

Chat Gris disse...

Que ar atrevidote que só nós temos!!

Arquivo de jardinagem