fevereiro 28, 2008

o prazer das explorações matinais



no prazer das explorações matinais, alguns humanos caminham à procura de registos que guardem na mente e lhes falem da beleza das coisas simples.
a cor que contrasta com o azul do céu, numa espécie de cata-vento:
isso basta, por vezes, para que, com um misto de força e leveza, enfrentem o dia que começa e sonhem que talvez um gesto, imperceptível para olhos desatentos, saiba rasgar uma pequena brecha neste tempo de mediocridade, luto e asfixia.
foto da autoria de itreza

2 comentários:

Justine disse...

Em total sintonia com as tuas palavras, acredito também que pela beleza chegamos ao bem

Chat Gris disse...

:) ...e que linda fotografia!...
Boa semana!

Arquivo de jardinagem