março 15, 2009

senhora dos passos



sou andarilha e teimo em caminhos solitários, tantas vezes sem rumo certo. outras vezes, porém, junta-se ao meu o andar de outros caminheiros e partilho com eles o prazer dos percursos traçados.
cada caminhada traz consigo o sabor da aprendizagem e do desafio. senhora dos meus passos, sonho decifrar a enigmática quietude dos lagos; e mentiria se dissesse que não receio as ameaças de um céu coberto de escuras nuvens. mas quero guardar em mim, intacta, a imagem de pequenas flores, anunciando, em tapete branco que um vento muito leve agita, uma nova, luminosa estação.




NOTA: post da idun, abaixo, complementa este.

Arquivo de jardinagem